Invasão na Pedreira da Rua Dr. Anibal Moreira

Atualizado: 15 de Out de 2019

Terceira edição do Níver do Bugim, na Pedreira da Rua Dr. Aníbal Moreira, Tijuca, repleta de escaladas, guloseimas, bebidas, amigos e muita animação!

Galera na parte da tarde, na pedreira da Rua Dr. Anibal Moreira, Tijuca

Há três anos, por incentivo da Laura, resolvi realizar um pequeno encontro entre amigos, para comemorar meu aniversário. Obviamente, o formato escolhido foi no esquema de "invasão" de escalada, podendo mesclar várias paixões ao mesmo tempo: a família, os amigos, a cervejinha, a escalada... Desde então, tem virado tradição a invasão de escalada na pedreira da Rua Dr. Anibal Moreira, na Tijuca.


Os motivos para se fazer uma comemoração no local são vários. Entre eles, o fato de ser uma área de facílimo acesso, pois de carro, pode-se estacionar exatamente na frente. De ônibus ou metrô, chega-se na base em poucos minutos. A base em si, fica em uma pracinha com brinquedos de criança, ao lado da rua (mesmo!), além de ser ampla, confortável e agradável. No mais, há comércio bem próximo, existe a possibilidade de entregas (gelo, carvão, pizza etc) e ainda fica a meros 50 metros da minha casa (hehehehe).

Ana Virginia escalando "As Bolas do Wilson" (IIsup), com Eduardo na segurança

Quanto às escaladas, o início remete ao ano de 1996, quando o saudoso Paulo Macaco abriu a primeira via da parede, nomeando-a como "Sulamita" (VI E1). Hoje em dia, há dúvidas com relação a esta graduação, pois aparentemente, a dificuldade técnica está um pouco acima do aferido na época.


Depois de 1996, a parede só foi voltar a receber novas linhas em 2011, quando o Alexandre Faia, associado do CERJ e residente no edifício ao lado da pedreira, resolveu iniciar suas experiências de conquista no local. Assim, nasceram mais algumas vias, em geral com graduação entre o 3° e o 4° grau.

João Pedro guiando na pedreira da Rua Dr. Anibal Moreira, sob os olhares da galera

Após as conquistas do Faia, acabei indo conhecer a parede em uma das invasões do CERJ e achei o lugar muito bacana. Na sequência, acabei abrindo a via mais fácil da parede - "As Bolas do Wilson" (IIsup), ainda em 2011 - e a mais complexa - "Noite e Dia" (VIIa), em 2012. Mal sabia que, anos mais tarde, eu viria a morar tão perto! Assim, nasceram mais duas linhas, a "30 de Setembro" (IIIsup), conquistada na invasão do ano passado, e a "23 de Abril" (IIIsup), conquistada na invasão que fizemos no aniversário da Laura deste ano.


Todas as 13 vias da pedreira possuem padrão de exposição E1, com uma média de 20 metros de extensão, o que, unido às diversas graduações, faz do local um ótimo campo escola, tanto para quem está ainda participando, quanto para quem está começando a guiar.

Foto oficial com o pessoal que chegou de manhã, na pedreira da Rua Dr. Anibal Moreira, Tijuca

Nesta edição de 2019, tivemos a presença de cerca de 60 pessoas ao longo do dia, iniciando os trabalhos por volta das 8h da manhã, sob um sol forte, mas que não desanimou ninguém. Na parte da tarde, a parede fica na sombra (após as 14h) e mesmo após horas de escalada, o pessoal permanecia na pedra, sendo a última corda retirada apenas por volta das 18h, já com o dia escurecendo.


Pessoalmente, a maior surpresa do dia veio no momento do parabéns: Laura angariou amigos em segredo, para uma vaquinha, destinada à compra de proteções fixas para novas conquistas! Confesso que fiquei completamente sem palavras na hora e me emocionei de verdade! O montanhismo proporciona momentos incríveis, independente de estar ou não na montanha... e estar rodeado de amigos, ainda mais com uma senhora surpresa... não tem preço!

Hora do parabéns! :-)

Agradeço com muuuuito carinho a cada um que apareceu por lá... Cada pessoa foi MUITO importante, seja no apoio às escaladas, seja ajudando na organização, seja basicamente estando presente!


Agradecimentos eternos à Laurinha, por todo apoio, organização, ralação e incentivo para realizar o evento. À querida Francisca, pelo bolo maravilhoso. À Laura, Sônia Bugim, Vivian, Carl, Jana Menezes, Bianca, Michelle, Carrera, Telminha, Mari, Kátia, Gisela Puppim, Alessandra, José Henrique, Flávio, Ana Carolina, Alvim, Kika, Julio Mello, Patricia Manzi, Rosane Camargo e André Ilha, pela colaboração no presente das proteções fixas... amei de verdade!!! Podem contar com novas vias, em breve!


Fotos do evento, em alta resolução, podem ser baixadas aqui!


Que venha 2020! :-)



285 visualizações

© 2018 por PEDRO BUGIM

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round