"Porta de Entrada" (2° IIIsup E3 D1 - 150m)

Atualizado: Jan 7

Nova via no Vale dos Frades, Teresópolis, perfeita para quem está querendo treinar para as primeiras escaladas em Três Picos!

João Pedro e Laura Petroni na base da "Porta de Entrada" (2° III E3 D1 - 150m)

Fim de semana dos dias 15 e 16 de junho foi com festa junina dos clubes CERJ e CEG em Três Picos, no abrigo do Alexandre Portela. Isso significava que eu, Laura e meu filho João Pedro, teríamos o sábado pela manhã livre para explorar as montanhas no entorno. Ainda com certa indecisão, resolvemos voltar ao Contraforte dos Cabritos, no Vale dos Frades, onde já havíamos conquistado outras duas vias: a "Fúria Bovina" (4° Vsup E2/E3 - 130m) e a "Viagem ao Centro da Terra" (4° VIIa E2/E3 D2 - 185m).

João Pedro e Laura Petroni na trilha, próximos à base da "Porta de Entrada" (2° IIIsup E3 D1 - 150m)

Esta belíssima parede, impressionantemente, não possuía uma única via até o ano passado, fato bastante curioso dada a facilidade de acesso à base e ao enorme potencial. Para chegar lá, basta pegar a estrada em direção à Cachoeira do Frade e segui-la até o final, onde existe a Fazenda Itatiba. O carro pode ser deixado em um recuo na estrada de terra, de frente à parede. A trilha segue por um pasto em aclive, sempre "mirando" na base das vias. No final, há um pouco de samambaias Açú, o que representa um pequeno obstáculo, mas nada que chegue a atrapalhar.


Mapa da trilha de acesso às bases das vias do Contraforte dos Cabritos: Abrir


Desta vez, dedicamos nossos esforços a uma linha que aparentava ser bem interessante, mais à esquerda da "Viagem ao Centro da Terra". Visivelmente, a linha possuía canaletas, platôs e cristaleiras, além de ser bem óbvia a sua sequência na parede.


Chegar à base foi um pouco duro, pois os metros finais ganham verticalidade e alguns pequenos lances entre rocha e mato devem ser vencidos. Mas a base é espetacular e proporcionou ótimo suporte para iniciarmos nossos trabalhos.


Apesar da linha ser de fato muito bonita, seus lances são bem simplórios quanto à graduação. A primeira enfiada, de 60 metros, foi vencida em menos de 5 minutos. Inicia em uma boa canaleta, passando por uma fenda frontal (onde foi usado um friend pequeno) e segue em lances bem fáceis de aderência até a parada.


A segunda enfiada possui lances também de baixa graduação e seguem por aderência e agarras, até atingir a P2, 60 metros acima da primeira parada. Na terceira e última enfiada, de apenas 30 metros, há um lance um pouco mais exigente, em uma pequena barriga de IIIsup, onde a proteção foi melhorada.

Laura Petroni na primeira enfiada da "Porta de Entrada" (2° IIIsup E1 D1 - 150m)

Apesar da via ser de baixa graduação, trata-se de uma ótima opção àqueles que desejam iniciar sua trajetória de escaladas em Três Picos, haja vista a rocha ser exatamente a mesma, assim como a distância entre as proteções (levando em conta a maioria das vias de Três Picos), porém, com uma baixa graduação. Isso confere ao escalador, uma ótima oportunidade de treinar o psicológico, sem se preocupar demais com a parte técnica. Não foi à toa que a via foi batizada como "Porta de Entrada".

João Pedro na segunda enfiada da "Porta de Entrada" (2° IIIsup E1 D1 - 150m)

Todas as paradas principais estão duplicadas com chapas rapeláveis, bem como a cada 30 metros, há também uma chapa rapelável, permitindo o rapel com uma única corda de 60 metros (embora o ideal seja com duas cordas de 60m).


Toda a conquista (desde a base ao topo, mais o rapel) foi feita em pouco menos de duas horas. Apesar de termos iniciado já ao meio dia, estar de volta à base tão cedo (14h) me deu ânimo para iniciar outra linha entre a "Porta de Entrada" e a "Viagem ao Centro da Terra". E que sorte de tê-lo feito! A linha é simplesmente espetacular, iniciando com várias passadas em móvel, por uma fenda frontal e por uma grande laca, evoluindo para lances em aderência, com proteção fixa. A segunda metade da primeira enfiada volta a apresentar fendas perfeitas e termina em lances de agarras. Com isso, 60 metros foram conquistados. Mas tivemos que voltar pelo avanço do horário (para não perdermos a festa junina!).

Pedro Bugim na conquista do projeto entre a "Porta de Entrada" e a "Viagem ao Centro da Terra"

Com mais esta opção, o setor já conta com três linhas completas e um bonito projeto, sendo uma ótima opção para quem quer fazer uma via não muito longa e com acesso bem simplificado. Além disso, ainda é possível tomar um delicioso banho na Cachoeira dos Frades após toda a atividade!




0 visualização

© 2018 por PEDRO BUGIM

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • Instagram Black Round